expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

Instagram

quinta-feira, julho 27, 2006

Resultados?

Recentemente veio à Graciosa, o Governo Regional.
Muito já foi dito e desdito sobre a importância da visita, das medidas, das decisões, da falta de ambas, do comportamento, etc.
Creio que o que não se disse ainda traduz-se numa só palavra: Resultados.
A grande questão que me parece tem sido esquecida do panorama político Graciosense, e porque não Açoreano, é então: e os resultados?
Não é este o espaço, se bem que é certamente o tempo, de aprofundar económica e socialmente a questão dos resultados das políticas e das visitas do Governo Regional para a Graciosa.
Tentando abreviar o discurso, interessa sobremaneira olhar várias perspectivas; de um lado para o plano agrícola, e tanto se pode olhar os seus diversos sectores de um ponto de vista isolado; a lavoura, a vinha, a hortofloricultura, etc., como para a globalidade. Podemos também pensar nas pescas, na indústria, na balança comercial, no desemprego, na criação de riqueza, no investimento, etc., etc.
Alguns dados curiosos que nos ajudam a ter uma ideia do que tem sido a nossa evolução vêm publicados no endereço http://www.drepa.raa.pt/SSE.html. E aconselho a quem se interessa por olhar a nossa ilha como um todo, e não apenas olhando para o seu umbigo, uma visita cuidada para depois poderem olhar em volta e voltar a questionar: e os resultados?
Olhem para a Graciosa, para o abandono a que está votada grande parte da ilha, olhem para o volume de famílias carenciadas, para a quantidade de estudantes que regressa após o seu curso, e já andamos a falar nisso desde que eles foram começar os estudos, olhem para o investimento privado, e até para o público.
Bem que se podem gastar milhões em estradas, portos, escolas, modernizações, apoios e subsídios, que se não se olhar para os resultados nunca, mas mesmo nunca, vamos arrepiar caminho e começar a casa pelas fundações e não pelo telhado.
Aqui há uns anos houve uma tentativa de definir áreas prioritárias e fazer uma análise global do que nos reserva o futuro e de como atingirmos melhores, lá está, resultados.
Nunca o Governo fez qualquer análise de conjuntura para adquirir conhecimento e saber onde mudar, onde criar, onde modernizar, onde apostar. Nem parece que tenham feito grande caso dos conhecimentos então adquiridos. É que, também eu não concordo com alguma da metodologia usada na elaboração do tal estudo já feito, mas se não o sigo então tenho de ter algo onde, pelo menos, exerça uma estratégia.
Mas não, o Governo vai fazendo umas coisas. Veja-se o exemplo do hotel, dizem, vai criar 30 empregos. Eu, em tese, posso concordar com um hotel, mas onde estão os estudos para o modelo, para a utilização, para o fluxo e as épocas de ocupação?, ou vamos para o esquema do pagar a uns turistas para cá virem uns anos e quando passar aquilo para a mão dos privados ou quando este Governo deixar de ter de se preocupar, até porque o dinheiro é de todos nós, acaba-se a farsa e deixa-se afundar a coisa.
Mas repito, olhem à vossa volta, analisem bem o caminho que já percorremos, e perguntem: e os resultados?
Tanto como qualquer Graciosense, quero o melhor para esta terra, mas infelizmente vejo que fazem pouco de nós, ficamos com umas obras de regime, mas não passamos disso, de um punhado de votos que já deram mais jeito, mas que, até nisso, caminham para a insignificância!
Os resultados? Os resultados não podem existir quando não há objectivos traçados!




Nota: publicado no Diário da Graciosa

Sem comentários: