expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

quarta-feira, novembro 22, 2006

Crtl-C Ctrl-V

Recorde-se que em 1996 existiam apenas 5 escolas profissionais com
26 cursos, enquanto em 2004 já existiam 18 escolas com 297 cursos.
Os formandos em 1996 eram 434, enquanto em 2004 já eram 7000.
Neste momento 15 % da população activa da Região está já
habilitada com cursos profissionais de elevada qualidade, o que
implica o consequente aumento do salário médio, que já ultrapassou
os 600 euros mensais, e a redução do número de trabalhadores que
auferem o salário mínimo, que representa agora apenas 8 % do total
dos activos.
Intervenção de: José Ávila
Assunto: Plano 2006 - Desporto, Emprego e Formação Profissional


O Partido Socialista quando chegou ao Governo em 1996
“herdou” apenas 5 escolas profissionais com 26 cursos,
enquanto agora já dispomos de 18 escolas com 297 cursos. Os
formandos em 1996 eram 434, enquanto agora são mais de
6.000. Mais de 15 % da população activa da Região está já
habilitada com cursos profissionais, o que acaba por trazer
benefícios na produtividade e no rendimento.
Intervenção de: José Ávila
Assunto: Plano 2007 - Desporto, Emprego e Formação Profissional



O desporto assume cada vez mais importância numa sociedade
moderna, já que se tem assistido a uma degradação da actividade
física, motivada pelo desenvolvimento tecnológico e pelo aumento
dos níveis de conforto.
O sedentarismo tem uma prevalência em Portugal de cerca de 70 %,
a maior taxa da União Europeia.
Além disso, notícias recentes dão conta do aumento do consumo de
tabaco e de álcool entre os jovens. Também estudos feitos nos
Açores, durante o ano passado, revelam-nos que 32,6 % das
mulheres e 44,2 % dos homens tem excesso de peso, enquanto 18,8
% das mulheres e 16,4 % dos homens são obesos, valores que se
encontram acima dos valores estimados para toda a população
Portuguesa.

Intervenção de: José Ávila
Assunto: Plano 2006 - Desporto, Emprego e Formação Profissional


É um lugar comum dizer-se que o desporto e a actividade
física fazem bem à saúde. Apesar desta ser uma conclusão já
há muito conhecida, recentemente temos assistido à difusão
de alertas preocupantes relativamente ao sedentarismo e à
falta de exercício físico, provocados pelo aumento dos níveis
de conforto e à drástica mudança dos hábitos alimentares das
populações que se tem vindo a verificar nos últimos tempos.
Se é certo que no nosso planeta já existem mais pessoas com
peso a mais do que sub nutrida, realidade difícil de entender,
na Região Autónoma dos Açores os números também dão que
pensar.
Segundo um estudo da Direcção Regional do Desporto, em
colaboração com a Faculdade de Ciências do Desporto e
Educação Física da Universidade do Porto, denominado
“Actividade física habitual da população adulta açoriana”, o
índice de obesidade está na ordem dos 17,7%. Relativamente
ao excesso de peso esse valor chega aos 37,7%. É igualmente
conhecido que a população jovem também padece destas
incidências. Este aumento do sedentarismo, que provoca esta
situação preocupante, tem merecido por parte dos
responsáveis políticos uma atenção especial e tem provocado
algumas alterações na política desportiva da Região.
Intervenção de: José Ávila
Assunto: Plano 2007 - Desporto, Emprego e Formação Profissional


Mas que trabalheira deve ter o Sr. Deputado no Ctrl-C (copy), Ctrl-V (paste), e que canseira alterar estes números para a coisa parecer actual…
Ah, lembro-me de um texto do mesmo autor sobre o assunto do título deste post, ou seja, sobre copiar e colar, onde remata com: "... não gosto de copiar nem de quem copia."
Um pensamento sobre tudo isto: O espelho é, cada vez mais, um lugar a frequentar, sem narcisismos.

Sem comentários: