expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

terça-feira, janeiro 25, 2011

A lição do Professor

Nas eleições do passado domingo a esquerda socialista, - a democrática e a outra -, foram claramente postas no lugar pelo povo Português, farto das utópicas ideias de um passado que não se repete.
Essa dita esquerda apresentou todo o tipo de candidatos. Desde o ex-autarca desiludido com a política da máquina do Largo do Rato, ramificada no Terreiro-do-Passo e que tem levado ao actual estado do país, passando pelo poeta de ideais revolucionários do terceiro quartel do século passado, indo até ao habitual comunista da ortodoxia soviética, passando pelo comunista desiludido - nas suas palavras “evoluído”- que depois de lhe cair um bocado do muro de Berlim em cima achou que devia profetizar uma paródia política usando um partido que havia ali à mão! Havia também um Sr. Dr. que prometia nobreza mas revelou-se não como um político da social-democracia, como aparentava querer, mas como desprovido de visão de estadista, que convém ter quando se quer ser presidente desta república.
O Povo disse que nada disto servia, nada disto serve o país e a democracia.
Cavaco Silva encarnou o presidente que Portugal precisa para levar pela frente a difícil tarefa de nos tirar deste pântano que nos meteram.
Nos Açores nem vale a pena apontar derrotados, foram os que usaram de tudo para contrariar o sentimento democrático do povo açoriano, fizeram valer-se dos seus cargos para promover um candidato, usaram de uma campanha de insinuações sobre tudo. E sobretudo meteram a autonomia no meio da campanha, amedrontando e insultando o Presidente de Portugal. Quiseram afrontar mais uma vez as regras do jogo democrático, usando de meios proibidos pela lei eleitoral.
Agora escudam-se com as boas relações institucionais mas a verdade é que usaram mais uma vez os Açores para fazerem jogos políticos de favorecimento partidário. Depois escudam-se no povo dos Açores.
Até podia dar o nome a isto, mas isso já todos sabem!
Cavaco no discurso de vitória manifestou a verdade e o sentimento maioritário do povo português que não se comove com política de vão de escada, de canto de balcão, de demagogia e de insulto permanente, que está farta do caminho seguido e que, também nos Açores, está a por em risco a soberania e o futuro dos mais jovens.
Esta é uma vitória da verdade e um cartão vermelho à política tal como a usam as esquerdas, com campanhas e aliados de ocasião, e para a ocasião.
O país e os Açores merecem também outras políticas, ao serviço dos seus cidadãos, sem que estes sejam usados como escudo de interesses do partido ou de transição pessoal.
A votação de domingo foi um sinal, um bom sinal!

Publicado no Diário Insular e Rádio Graciosa

Sem comentários: