expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

terça-feira, abril 12, 2011

A Boyada

Os boys arregimentaram-se em congresso destinado a apontar o dedo aos outros, esquecendo que na sua frente estava o obreiro do descalabro do país.
É a teoria da avestruz levada ao extremo: enfiando a cabeça na areia à espera que ninguém repare que deixaram Portugal de quatro.
O desfile de responsáveis por mais uma submissão de Portugal fez-se com uma esperada unanimidade, reveladora da falta de alternativa que o PS encerra em si mesmo.
Depois, nestas coisas de esperadas derrotas eleitorais a regra é não deixar de marcar presença com uma palmadinha nas costas, para que, no futuro próximo, ninguém possa acusar uns e outros de terem contribuído para o resultado que já todos esperam.
É o cúmulo da hipocrisia política, retratado em nome de um "não se esqueçam de mim"!
O PS atravessa o momento "orquestra do Titanic" da vida nacional, enquanto o navio afunda e mete água por todos os lados, lá vão dando música ignorando as aflições dos passageiros e fazendo de conta que aquilo não é nada com eles!
O que ressalta do discurso socialista é a necessidade de responder à dúvida sobre se estão convencidos de que os Portugueses se demitiram de possuir consciência crítica ou se dizem o que dizem por absoluto desespero em segurar os lugares que ocupam e os tachos de que se andam a servir há longos anos.
Num país onde existe mais de uma dezena de milhar de institutos públicos e fundações, certamente bem ocupados por alguns boys que assistem ao definhar da situação de Portugal, com um governo e um primeiro ministro que durante a sua governação duplicaram a dívida pública e passando o país, em 15 anos, de uma dívida de 10% do PIB para 116%, não se pode esperar que os seus cidadãos possam transformar num voto uma lágrima de Sócrates ou uma qualquer outra encenação.
Em Portugal existem 88 parcerias público-privadas: - 8 foram feitas por governos do PSD (6 com o CDS) e 80 são exclusiva responsabilidade do PS (50 com Sócrates a Primeiro Ministro). Em termos de investimento do Estado nessas PPPs, 8,54% foi feito em Governos PSD/CDS e 91,46% por Governos do PS, devendo salientar-se que 41,18% do investimento (cerca de 13 mil milhões de euros) foi feito já em anos de crise, ou seja, entre 2008 e 2010.
E querem estes responsáveis políticos mais a sua boyada toda que acreditemos na sua inocência?
Nos últimos seis anos cada português passou a dever ao estrangeiro mais 7 mil euros do que em 2005, passando de 67% do PIB para 104%.
Estas verdades inconvenientes não foram abordadas no desfile de boys que apenas estão preocupados em rapar de vez o tacho adiando, mais uma vez, o futuro de Portugal.

Publicado no Diário Insular e Rádio Graciosa

Sem comentários: