expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

sábado, março 03, 2012

Desemprego - a marca certificada do PS


No 4º trimestre de 2010, a taxa de desemprego nos Açores era de 7%.
Passado um ano, no 4º trimestre de 2011, os Açores têm um desemprego de 15,1%, atingindo mais de 18 mil açorianos e ultrapassando os valores do continente.
Em Abril de 2011 Carlos César dizia à agência Lusa que "Outro factor a ilustrar o desempenho da economia da região é a taxa de desemprego que é inferior à de Portugal e uma das mais baixas no seio da União Europeia". E
acrescentava: "Há aqui uma diferença substancial [entre o arquipélago e o continente] que permite que os Açores também tenham alguma folga para fazer com que os efeitos (da crise) nas famílias e nas empresas possam ser compensados mediante apoios públicos para minimizar essas consequências."
Esta palavras, ditas há menos de um ano, ilustram bem as ilusões que se tentam sistematicamente vender aos Açorianos. É um hábito e uma forma recorrente fazer uso das palavras para tentar esconder os factos.
Desde há muito que se vem assistindo ao crescimento do desemprego nos Açores. Desde 2006 que o aumento do desemprego é sistemático passando de 3,8% para os atuais 15,1%.
No caso dos jovens os actuais níveis de desemprego são igualmente dramáticos. Nos Açores, o desemprego jovem também já ultrapassou os valores do continente com valores na ordem dos 36%.
Mais uma vez, devemos questionar aqueles que tiveram a responsabilidade governativa para procurar respostas para tamanho insucesso. O que foi feito da folga de que falava Carlos César há menos de um ano?
Com assuntos desta seriedade é importante que os responsáveis políticos falem verdade e não andem apenas em campanhas de desinformação que procuram somente obter simpatias eleitorais mas que não resolvem problema algum.
Veja-se o caso dos sucessivos anúncios do PS no combate ao desemprego jovem e os repetidos anúncios de planos e propostas que continuam a não ter qualquer consequência positiva.
Quem quiser pode fazer a experiência de pesquisar na internet os anúncios que o PS fez nos últimos anos de combate ao desemprego jovem e de planos para o enfrentar. Chegamos ao cúmulo de encontrar registos com vários anos, e, no caso do anunciado plano regional de emprego jovem, então ainda é mais caricato.
Este plano foi anunciado em Junho do ano passado, entretanto o desemprego vai subindo e o líder parlamentar do PS continua a anunciar sempre o mesmo plano!
Estamos perante mais um plano de emprego para levar até bem perto das eleições, procurando enganar mais uns quantos!
Assim será nos próximos tempos, e quanto a isso apenas posso alertar: Não se deixe enganar!


(Publicado no Diário Insular e Rádio Graciosa)

Sem comentários: