expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

quinta-feira, agosto 09, 2012

Saúde: Mudar para Melhorar

Já não passa despercebido a ninguém e é motivo de preocupação para qualquer Açoriano.
Trata-se da dívida do serviço regional de saúde que foi motivo de reportagem de um jornal nacional.
O PS trouxe em 2008 para o Governo um gestor da Saudaçor. Não terá sido por prémio pela gestão daquela empresa, mas mais pela confiança política que o actual Secretário Regional mereceu por parte do PS Açores e, decerto, por corresponder às directivas dadas pelo Governo.
Desde então a gestão do Serviço Regional de Saúde entrou em roda viva com problemas financeiros e dividas a acumularem-se.
A dívida da saúde dos Açores atinge já mais de mil milhões de euros, o que equivale a um terço do total da dívida da saúde a nível nacional e atira o valor por cada açoriano para 14 vezes superior ao valor por cada cidadão do continente.
Têm sido várias as peripécias dos últimos anos na gestão da saúde nos Açores. São as multas do tribunal de contas aos gestores das unidades de saúde, é a sub-orçamentação, são os concursos de pessoal com muita polémica, são as nomeações e as exonerações, são as dívidas às farmácias e fornecedores, são um sem número de queixas dos utentes, são as queixas de funcionários e colaboradores, são as criticas de médicos e enfermeiros que vão sofrendo às mãos do sistema, são as contratações políticas, são a falta de medicamentos ou materiais, são as recusas de tratamento por dívidas dos hospitais, etc, etc.
Mas, sobretudo, são os doentes que sofrem pelo desnorte em que se tornou a política de saúde nos Açores, e apesar do Governo passar a vida a dizer que tudo tem sido em benefício dos Açorianos, a verdade é que cada vez chegam mais queixas desses mesmos Açorianos.
A situação é caótica como se percebe pelo avolumar de problemas. E não está do lado do PS Açores encontrar resposta que corrija os erros do seu passado.
Em Outubro os Açores devolvem aos Açorianos a escolha do seu destino e de quem querem ver no Governo Regional.
Cabe aos Açorianos e, desde logo, também aos Graciosenses, fazer a sua escolha. Querem que tudo fique como está, com tendência para piorar, ou querem mudar o actual estado de coisas?
A verdade é que para mudar não se pode escolher quem nos governa há já 16 anos e se candidata a 20 anos de poder!
A verdadeira mudança, aquela que também necessitamos na administração da saúde para melhoria da prestação de cuidados de que os Açorianos necessitam, passa por mudar de Governo, passa por quem tenha uma nova forma de encarar os problemas e de apresentar soluções para os resolver. A escolha é de todos e só votando é que participamos nessa escolha!

Sem comentários: