expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Marina da Barra

Finalmente o Governo percebeu que a Ilha Graciosa necessita de um Porto de Recreio na Barra.
Foi aprovada, por unanimidade, uma alteração ao plano de 2010, que encarrega o Governo de fazer um projecto para dar a conhecer aos Graciosenses (lá para o final do ano) o que quer fazer na Barra e zona envolvente.
O projecto que existiu vai desta para melhor, e faz-se um outro, que certamente agradará mais a uns e menos a outros.
Com esta medida o Governo aceita o inevitável, e o que todos reclamavam que acontecesse.
São três as novidades em termos de consequências: O Governo assume a Marina da Barra; em 2010 espera-se por um projecto; e o novo presidente da Câmara livra-se de faltar a uma promessa, pois sabia-se que, sozinho, não tinha capacidade financeira para a concretizar.
O novo Presidente de Câmara agradece, naturalmente, esta dádiva, e a Graciosa, se tudo correr bem, lá para finais de 2011 ou mesmo 2012, terá um novo Porto de Recreio.
Terão nessa altura passado 16 anos de Governo do PS na Região.
Para o novo projecto da marina reservaram-se 150 mil euros. A acreditar numa taxa de execução para a Graciosa superior às de 2006, 2007 e 2008, o governo terá gasto no final do ano, com o novo projecto, cerca de 50 mil euros. Os 30% habituais daqueles anos.
Em 2006 o plano previa 16 milhões de euros e executaram-se 5, em 2007 foi 16 - 6 e em 2008 foi 25 – 8.
É a máxima do Secretário Contente: - para quem "se deve prometer 120 para fazer 100" - como o próprio recentemente afirmou.
Neste caso é prometer 100 e fazer 30.
Na prática, os Graciosenses vão esperar mais tempo do que se pensava para verem o início da obra.
Esperava-se o início desta obra em 2010.
Se assim for, tanto melhor!
A proposta de alteração foi das poucas que obtiveram uma votação unânime.
É um facto assinalável, pois revela a certeza de que todos já estavam fartos de saber que a Graciosa devia ter um Porto de Recreio.
Só o Governo teimava em não o compreender.
O novo projecto, que será elaborado, nasce de uma “partidarite” aguda do Presidente do Governo, que ainda há pouco tempo afirmava que na Câmara da Graciosa se falava a língua do PSD.
Não disse foi que a Câmara que lhe ofereceu um projecto, já lá vão alguns anos, e em momento algum ouviu César responder que não servia.
Durante anos a estratégia do Presidente do PS atrapalhou o desenvolvimento da Graciosa.
Perdeu-se tempo, e esse não volta!
- “O que interessa é que vai avançar” – Muitos o dirão!
- “Já podia estar feito” – dizem outros!


Publicado no Diário Insular de Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Sem comentários: