expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Acertar o passo

Volto ao tema da lei de finanças regionais porque a verborreia mediática do partido socialista insiste em criar a ideia de que os Açores vão perder verbas com a alteração aprovada na Assembleia da República.
Sejamos claros. Dizem os novos números 2 e 3 artigo 59º:
"2 - Da aplicação da presente Lei não poderá advir, em nenhum caso, qualquer redução do somatório global das transferências financeiras do Estado, para cada uma das Regiões Autónomas, à data da publicação do presente Diploma, ao abrigo dos artigos 19°, 37° e 38°".
"3 - Para tanto, e se for necessário, são adoptados os mecanismos orçamentais adequados a assegurar a observância do disposto no número anterior
".
Ficamos esclarecidos!
Não vale a pena, pois, continuar a intoxicar a opinião pública com o chavão anti-Madeira, invocando a inveja inter-regional e fazendo crer que o Estado vai dar mais a uns, em detrimento de outros.
Esta alteração não deixa de discriminar positivamente os Açores, e só a subserviência da maioria regional socialista, perante o afã persecutório ao Dr. Alberto João Jardim, justifica a falta de outras reivindicações que possam trazer aos Açores maior solidariedade nacional.
Aliás, quem pôde assistir ao debate na Assembleia da República ficou com a noção de que, por parte do PS, não se discutiam as finanças regionais, discutia-se o Dr. Alberto João e exacerbava-se a inveja social e regional, independentemente disso levar a graves fracturas na coesão nacional.
O PS insiste em ser o recruta do passo trocado na parada, para orgulho amancebado por parte dos socialistas Açorianos lá vai marchando aos tropeções, com um largo sorriso despido de autocrítica, perante a estupefacção geral.
Toda a oposição contribuiu, paciente e frutuosamente, para uma lei que, não sendo eventualmente perfeita, melhora o entendimento de que primeiro estão as populações e só depois os partidos e quem os lidera.
Houve ainda a oportunidade de ver o PS, numa vozearia própria de quem fala alto para parecer ter razão, a acusar tudo e todos de contribuírem para aquilo a que chamou de governo autocrático da Madeira.
Mas esse mesmo PS tem, entre os seus deputados, um Madeirense que votou a favor desta alteração!
Quererá o PS convencer-nos de que o seu deputado da Madeira apoia o Governo de Jardim? Quererão que aceitemos que está a prejudicar os Açores?
Ficou demonstrado o isolamento socialista face à reparação de uma injustiça cometida contra o povo da Madeira e ficou demonstrada a vassalagem partidária por parte dos que teimam em não acertar o passo, aplaudidos pelo coro dos "yes man" do costume!
Publicado Terça-feira 9/02/2010 no Diário Insular

Sem comentários: