expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

segunda-feira, setembro 13, 2010

Graciosensidade

É por altura das férias que a Graciosa assiste a um corrupio de gentes que aqui aportam para uns dias de descanso ou de convívio, ou ambos!
É nesta altura que todos os Graciosenses se animam com as visitas chegadas ou enviadas por algum mensageiro amigo.
É também altura de recordar momentos e lugares, há muito deixados e que escondem memórias de um outro tempo.
E depois os Graciosenses recebem como poucos, como se toda uma ilha se envolvesse num abraço de boas vindas, esperando apenas um sorriso de contentamento.
A ilha mostra as suas belezas únicas que deslumbram a cada novo olhar e que conquistam um lugar de especial serenidade na memória daqueles que se deixam levar por esta magnífica conjugação de silêncios, mergulhados na rebentação do imenso mar.
A graciosidade de todo o fervilhar de gentes e acontecimentos, de encontros e despedidas, mistura-se no quotidiano de um povo que mantém viva a chama de uma identidade insular, cuja singularidade não se divide e que aspira sempre poder manter abertos os braços, para um gracioso abraço!
Só visitando a Graciosa se pode participar neste encontro de excepção em que participam a ilha e as gentes, envolvidas pela saudade quebrada pelo reencontro.
São tempos de renovar esperanças e de abrir horizontes.
São também dias em que se refreiam as amarras do isolamento e em que se envia um sorriso às ilhas vizinhas, em que o mar deixa de ser obstáculo e se assume como aliado de um chamamento à descoberta.
Uma graciosa ilha que convida a uns dias de novas sensações, seja pelo sabor daquele momento de encontro com a natureza, interrompido por uma festa popular, seja pela partilha de uma diferente forma de estar.
A vivência desta simbiose de sentimentos e sensações reflecte a Graciosensidade deste tempo e espaço, em que a terra irrompeu sobre o mar e deixou que o homem dela se dispusesse, para que outros a conheçam e em conjunto celebrem do mesmo modo o momento do encontro e o da despedida.

(publicado no Diário Insular de 10/08/2010)

1 comentário:

Tiago Santos disse...

Gosto de ver artigos tão significativos do que realemente a Graciosa tem para oferecer. Mas nunca podemos tar totalmente satisfeitos com o que somos ou temos na Graciosa. Temos muito caminho para trilhar ainda. Gostei do artigo.