expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

terça-feira, novembro 08, 2011

E que tal uma SCUT inter-ilhas?


Afinal a obra da SCUT na ilha de S. Miguel vai custar mais 150 milhões de euros do que o Governo andou a anunciar.

Na verdade, esta obra vai custar, às próximas gerações, perto de 500 milhões de euros, em rendas anuais de cerca de 22 milhões de euros.

Confesso que quando ouço falar de SCUTs vem-me logo à memória o descalabro nas contas públicas a que assistimos com este tipo de negócios e o seu contributo para a austeridade imposta aos portugueses.

Mas também devo dizer que não alinho ao lado daqueles que dizem que não deviam ter de pagar uma obra que não irão utilizar. Esse espírito de egoísmo um tanto ou quanto provinciano não tem lugar, muito em especial nos Açores, pois bem sabemos que a solidariedade regional é um dos maiores pilares da Autonomia e da coesão regionais.

Contudo, não posso deixar de comparar esta renda de uma obra de uma estrada, com aquilo que os Açores pagam, por exemplo, à SATA, como indemnização anual pelo serviço público de transporte aéreo de residentes. E essa comparação já não me agrada e já não me satisfaz.

Na realidade, os Açores irão pagar mais uns milhões de euros todos os anos pela renda de uma SCUT do que pelo transporte aéreo de todos os Açorianos.

Este facto constitui um verdadeiro escândalo e uma autêntica revelação sobre o modelo político seguido pelo Governo Regional.

Então andamos há largos anos a reivindicar passagens aéreas mais baratas para favorecer a mobilidade dos açorianos, sabendo que essa questão é o maior entrave ao desenvolvimento e à coesão económico-social dos Açores e, assim de repente, somos acordados para o facto do Governo gastar menos com o subsídio ao bilhete de avião dos residentes do que gasta com uma renda de uma estrada?

Bastou chegar o ano eleitoral e a existência de um Governo da República de cor política diferente para o Secretário Regional da Economia e candidato a Presidente do Governo, aparecer cheio de vontade em reduzir o preço das passagens aéreas com o continente. Bem, ou acordou agora ou está a tentar sacudir a água do capote! Então e nas viagens inter-ilhas? O senhor candidato também tem andado a dormir? Não lhe parece sem justificação que se possa pagar mais pela renda de uma estrada do que pelas passagens inter-ilhas de todos os Açorianos?

Percebe-se bem a azáfama de Vasco Cordeiro a tentar impor ao Governo da República o ónus de baixar o preço das viagens com o continente. Percebe-se, pois tenta desresponsabilizar-se do seu insucesso como governante. Já não pode é deixar de explicar o preço das viagens nos Açores que sairão mais baratas ao governo do que uma estrada em regime de SCUT.


Publicado no Diário Insular e Rádio Graciosa

Sem comentários: