expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Live Webcam SPOTAZORES

Live Webcam SPOTAZORES
Santa Cruz da Graciosa

quarta-feira, agosto 29, 2012

Onde é que vimos este filme?

O memorando de entendimento entre o Governo dos Açores e a República vem submeter a autonomia regional a um conjunto de deveres e regras que, pelo simples facto de não existirem até esta data, significam um abdicar de uma certa soberania que se vê machucada e violentada.
Um pouco à semelhança do que aconteceu com Portugal após o pedido de ajuda à Troika, foram muitos aqueles mais ligados às causas desse pedido de ajuda que vieram desvalorizar, diziam que se tinha conseguido um acordo que eram só vantagens, que eram rosas perfumadas, mas que depois de traduzido e relido, afinal eram mais os espinhos que o perfume das rosas!
Todos estão lembrados da declaração ao país de José Sócrates, primeiro ministro que levou Portugal à humilhação, após ter assinado o acordo de resgate, todos recordam a persistente vontade em dizer que estava tudo bem e que graças ao seu Governo as coisas ainda eram melhores.
Todos também sabemos que nada disso era verdade, e que o país teria de sujeitar-se a condições muito duras para pagar as suas dívidas.
Agora assistimos ao mesmo filme, numa versão açoriana, mas com o mesmo denominador comum.
E o que têm em comum a situação vivida com o resgate de Portugal e agora com o resgate dos Açores é o mesmo discurso de desvalorização, o mesmo, "está tudo bem", e os mesmos a dizê-lo, mesmo sabendo que ninguém acredita!
Ainda há poucos dias foi a vez do candidato do PS a dizer que "não se passa nada", "está tudo bem"! Até este acordo dos Açores com a República "defende a autonomia"!
Se já todos sabíamos que o slogan do PS com os dizeres: "defender a autonomia" era um pouco para encher a boca, agora temos a certeza que defender a autonomia para o PS, é mesmo só uma questão de conversa!
Ao fim ao cabo estamos perante dois momentos que em tudo são idênticos e que reflectem bem o ponto a que se chegou nos Açores!
Pede-se ao governo de Passos Coelho para nos salvar do incumprimento de uma dívida de 135 milhões de euros e andamos por aí a dizer que somos bons porque conseguimos pagar a dois bancos o que devíamos, nem que para isso tivéssemos de estender a mão a Lisboa e fossemos obrigados a contrapartidas!
Há realmente momentos em que parece que já vimos isto acontecer com outros e adivinhamos o resultado! Este é mais um desses momentos.
Muitos mais virão dizer o que disse o candidato do PS agora que ele deu o mote para a desculpabilização. E dirão que assim é que está bem feito e só não é melhor por culpa dos outros!
É um filme que se repete sem "suspense" e com um final já por muitos esperado!

1 comentário:

Anónimo disse...

A lista do CDS é feita por gente que é Terceirense e reside na Terceira.
Diz que até um motorista entra para fazer monte!
Diz que alguns nunca puseram os pés na Graciosa e ninguém os conhece

À Vossês!
É vontade de concorrer.